Follow by Email

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Dúvidas acumuladas interferem no desempenho escolar

A revista Instituto Unibanco - Educar para Crescer, lançou uma matéria sobre as probabilidades, do baixo desempenho escolar e as dúvidas sobre o mesmo, levar os jovens a desistirem dos estudos, quando chegam ao ensino médio. "O baixo desempenho escolar no Ensino Fundamental se tornará um fardo pesado demais para boa parte dos alunos que chegarão ao Ensino Médio nesta condição. De cada 100 desses jovens, 25 abandorarão a escola logo no primeiro ano, enquanto apenas sete de seus colegas com melhor proficiência farão o mesmo." O mesmo artigo de autoria de Amaury Gremaud (pesquisador responsável pelo estudo) diz que, combater as falhas  de aprendizagem no Ensino Fundamental talvez seja um primeiro passo para tentar reverter a crise de audiência no Ensino Médio.
Dentre essas falhas estão os transtornos funcionais e de comportamento, dúvidas que acometem, não somente os alunos como também  muitos professores do Ensino Médio. Nessa etapa do ensino, os professores esperam que os alunos estejam aptos ao bom desempenho, e pouco se preocupam com os que apresentam alguma dificuldade. A indiscplina torna-se transparente, principalmente entre  os alunos que sentem dificuldade de acompanhar o rítmo em sala de aula - o número de matérias, as tarefas, as exigências dos professores, dos pais e deles próprios. Tudo gera uma confusão nas idéias dos alunos, que a primeira pergunta surge: "não consigo, por quê?" Professores entram em desespero com os resultados que levam seus alunos à reprovação; quando não, são aprovados após algumas aulas de recuperação, mas ficam à porta das Universidades Públicas, até desistirem dos estudos ou apelarem pelas  universidade particulares, por serem mais flexíveis o ingresso de alunos. Não que seu ensino seja inferior - a responsabilidadse é até maior, pois a reprovação em alguma disciplina, implica em prejuízo de tempo e valor monetário.
Ednar Façanha

Nenhum comentário:

Postar um comentário